Carolina, De Lorca

Concepção e Atuação: Carolina Correa
Texto: Carolina Correa e Léo Kildare Louback
Direção: Léo Kildare Louback e Antônia Claret

h

Sinópse

CAROLINA, DE LORCA

O solo CAROLINA, DE LORCA aborda as questões tanto físicas quanto psicológicas que perpassam a vida de uma mulher a partir do momento em que começa a gerar um filho. Seja de forma bem-humorada ou dramática, é proposta uma investigação sobre os limites entre amor e obrigação, além das imposições de uma sociedade em constante processo de manipulação da mulher. Yerma e Carolina: dois corpos que se fundem para falar do tempo, do corpo que se rebela e dança, se movendo como turbilhão que precisa ser ouvido hoje, agora, por mulheres comuns e, principalmente, por homens comuns. Transitando pela “história da maternidade”, Carolina Correa, atriz e bailarina, se lança ao palco, propondo mais indagações que respostas sobre um tema tão complexo e cheio de nuances quanto
o FEMININO.

b

Ficha Técnica

Concepção: Carolina Correa
Texto: Carolina Correa e Léo Kildare Louback
Atuação: Carolina Correa
Dramaturgia: Léo Kildare Louback
Direção: Léo Kildare Louback e Antônia Claret
Direção de Imagens: Leonardo Barcelos
Iluminação: Cristiano Diniz Aguiar
Trilha Sonora Original: Marcos Frederico e Flávio Henrique
Realização: Grupo Dos Dois

Galeria de Fotos

Vídeo

i

Clipping

O Trem cia de Teatro

Com sede em Belo Horizonte e São Paulo, O Trem Companhia de Teatro se configura como centro de criação na medida em que representa o ponto de convergência entre artistas de trajetórias diversas. Buscando diálogo tanto com o público infantil quanto adulto, prezamos sempre pela qualidade do resultado mas também por uma pesquisa minuciosa em linguagem, e que também reflita sobre o nosso tempo.

Com direção artística de Lívia Gaudencio, o trabalho do grupo é marcado por uma dramaturgia autoral, já tendo se apresentado em Portugal e circulado por várias partes do Brasil.

Outros Espetáculos

X